Eis minha poesia. Toma, agora é tua!

quinta-feira, 30 de abril de 2015

futuro


pra onde quero fugir quando olho pro nadadessa tela brancaazulvermelhase é na folha brancacom a lapiseira que o futuro desenha e espera
Posted by MINHA VIDA, MEUS AMIGOS E MEUS AMORES. on Quinta, 30 de abril de 2015



pra onde quero fugir
quando olho pro nada
dessa tela
branca
azul
vermelha
se é na folha branca
com a lapiseira
que o futuro desenha
e espera

Matheus Matos