Eis minha poesia. Toma, agora é tua!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Sentimentos do mundo

Que minha poesia não me tire
o amor que tenho em mim,
porque escrever é lançar aos ventos
os sentimentos do mundo,
muito embora esses sejam meus
quando transcrevo-os.

Matheus Matos