Eis minha poesia. Toma, agora é tua!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Cotidiano - quase tradicional

http://vidamigosamores.blogspot.com/2010/08/cotidiano.html
Posted by MINHA VIDA, MEUS AMIGOS E MEUS AMORES. on Terça, 4 de agosto de 2015


Amor,
levanta desse chão que te condena,
dessa tristeza que te acorrenta,
desse teu medo de viver.

Levanta,
vem dizer que me ama,
me tem como tua janta,
vem devorar meu ser.

Consome,
gasta toda a tua ira,
veja bem que não tem mentira,
nosso amor é pra valer.

Responde,
esse grito que te atira,
essa música da minha lira,
esse meu canto de amadurecer.

E cala-te,
simplesmente com meu beijo,
toma pra ti o meu desejo,
esse meu desejo de viver.

Matheus Matos