Eis minha poesia. Toma, agora é tua!

domingo, 30 de novembro de 2014

uma banda do mar


Há mares tão grandes
Amores maiores
Amares errante
o que te encontrar
Amores tão certos
Amares sem chance
na dança perfeita
da banda do mar

Matheus Matos