Eis minha poesia. Toma, agora é tua!

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

tua fala



fiz um poema que é a tua cara
daquelas letras do teu quero mais
eis que o amor é a tua fala 
e está na falta que ela faz
o infinito nunca me cala
se tenho amor 
sempre te dou
sem me 
querer 
mais

Matheus Matos

Créditos da Imagem: http://www.serleitora.com.br/2013/04/o-amor-infinito-que-e-o-infinito-amor.html