Eis minha poesia. Toma, agora é tua!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

desenho

Que cheiro tem a poesia? A poesia tem o cheiro de cabelos longos, loiros e ondulados. Tem o cheiro dos primeiros instantes de uma paixão, exala o perfume dos olhares apaixonados e do olhar maduro dos nossos avós. É como sentir o cheiro das belas flores, sem que essas exalem cheiro algum. A poesia exala das pessoas que amamos, dos nossos amigos (embora distantes), dos nossos amigos (que ainda não conhecemos), dos nosso irmãos, dos nossos romances, das frustações, de sentimentos. A muito não sentia esse odor que alimenta almas, e foi justamente num desenho que reacendeu-me o desejo de ser poeta, embora não tenha o dom de sê-lo.......